Cheap Soccer Cleats Michael Kors Outlet Cheap Soccer Shoes Nike LeBron 11 mercurial soccer adidas f5 indoor soccer shoes mizuno soccer cleats soccer cleats 2014 adipure soccer cleats
   

Plantão 24hs

Notícias
Notícias, Serviços, Clientes em destaque, Eventos e Dicas técnicas

Home » Serviços

[ -A  | +A ]
Carga de energia registra alta de 1,8% em junho ante junho de 2015, segundo ONS
11/07/2016

Clique na imagem para ampliar
A carga de energia que circulou pelo Sistema Interligado Nacional (SIN) em junho cresceu 1,8% em relação a igual mês de 2015. Na comparação com maio, houve queda de 0,5%, informou nesta quinta-feira, 7, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A carga total de energia do SIN ficou em 63.935 megawatts (MW) médios. O volume de carga, divulgado mensalmente pelo ONS, é calculado a partir da soma de toda a energia movimentada no sistema elétrico, mas difere do volume de energia consumida em função das perdas existentes na rede.
Segundo o Boletim de Carga Mensal do ONS, o comportamento da carga do SIN durante o mês de junho foi influenciado principalmente pelo "maior número de dias úteis e pela ocorrência de baixas temperaturas, inferiores às verificadas no mesmo mês do ano anterior, nos subsistemas Sul e Sudeste/Centro-Oeste".
"Cabe destacar que as baixas temperaturas apresentam efeitos contrários nos subsistemas: no Sul, provocam uma elevação da carga devido ao uso intensivo de equipamentos elétricos de climatização e, no Sudeste/Centro-Oeste, ocasionam redução da carga em virtude da diminuição do uso de equipamentos de refrigeração", diz o boletim.
Justamente por causa do frio, a maior alta na comparação com junho de 2015 foi registrada na região Sul, com 6,9%. No subsistema Sudeste/Centro-Oeste a elevação foi de apenas 0,3%. As altas foram de 1,4% no Norte e de 1,9% no subsistema do Nordeste.
Além do clima, a recessão impacta diretamente na carga de energia, segundo o ONS. "O fraco desempenho da indústria e o efeito do aumento das tarifas de energia elétrica observado no ano anterior, que acarretaram uma base de referência reduzida em junho/2015, também contribuíram para o resultado da carga", diz o boletim.
O ONS reduziu a previsão de carga para o SIN no mês de julho para 63.607 MW médios, o que corresponde a um crescimento de 1,6% na comparação com o mesmo mês do ano passado, mas queda de 0,5% frente à carga registrada em junho. Na semana passada, a projeção indicava um crescimento de 2,5% em relação a 2015.
Foram revisadas as projeções de carga para todos os submercados, com destaque para a diminuição da expansão no Sudeste/Centro-Oeste, no qual agora se espera estabilidade em relação a julho do ano passado (+0,2%), ante expectativa de crescimento de 1,3% calculada anteriormente. A previsão de aumento de carga no Sul diminuiu de 5,9% para 4,6%; recuou de 4,3% para 3% no Norte; e ficou praticamente estável no Nordeste, passando de 2,6% para 2,5%.
O ONS também revisou suas projeções de afluências para julho, reduzindo a Energia Natural Afluente (ENA) prevista para o Sul para 65% da média histórica, ante os 73% anteriores. Com isso, a expectativa agora é que os reservatórios da região alcancem 72,8% no final do mês, não mais os 73,7%.
A ENA estimada para o Sudeste baixou de 92% da média histórica para 91%, e os reservatórios devem ficar em 50%, abaixo dos 55,33% anotados na quinta-feira, 7. A ENA do Nordeste foi revista para 30% da média histórica, baixa de 1 ponto porcentual frente à estimativa anterior, levando o nível dos reservatórios a 22,9% no final de julho, o que, se confirmado, significará uma queda frente os 26,12% anotados na quinta-feira. No Norte, as afluências esperadas agora estão em 51% da média histórica, ante os 53% anteriores, o que deve levar os reservatórios a um nível de 55,2% em 31 de julho, abaixo dos 58,87% de quinta-feira.
 
FONTE: Jornal do Comércio, ed. 11/07/2016.
 
Bruno Spindola
Consultor Técnico Comercial
comercial1@eletromax.com.br
51 9919 8912
   

Início | Institucional | Serviços | Fornecedores | Clientes | Notícias | Contato | Eventos | Artigos | Trabalhe Conosco | Controles | Calendário
Todos direitos reservados 2018 Eletromax
Fone: (51) 3475 4700 / 99660 5765 / 99919 8912